Guia do Coven #03 - Isso, Isto ou Aquilo.

Olá, crias de Lúcifer, tudo bem com vocês?!


Para hoje, resolvi trazer as formas de uso dos polêmicos "isso", "isto" e "aquilo".


Primeiramente, essas três palavrinhas (também chamadas de "pronomes demonstrativos"), são usadas de três maneiras: 1- referência textual, 2- referência espacial e 3- referência temporal.


Não se assustem com os nomes, vou explicar tudo nos mínimos detalhes.


Ah, e vale dizer que essas dicas também são usadas para "este", "esse", "aquele", "deste", "desse", "daquele", entre outras formas possíveis.



1) Referência Textual:


Quando estamos escrevendo um texto, os pronomes usados para falar de algum assunto são o "isso" e o "isto". Em casos raros, porém, usamos "aquilo".


No entanto, cada um tem o seu momento certo para aparecer. Vamos ver como esses usos funcionam:


A) O pronome "isso" é usado quando já falamos sobre algo no texto.


Quando criança, minha mãe sempre fazia torta de limão e, ainda hoje, essa é minha sobremesa favorita.

(Aqui, o pronome "essa" está fazendo referência à torta de limão, que já foi citada na frase);


Em virtude da tempestade, houve um alagamento no centro da cidade. Por causa disso, ficamos sem poder sair de casa.

(Nessa frase, o "disso" remete o alagamento, que, mais uma vez, já foi citado anteriormente).



B) Já o pronome "isto" aparece quando ainda vamos apresentar algo de novo (geralmente, essa palavra é acompanhada por dois pontos). E, também, apresenta a palavra (termo) mais próximo na frase.


O problema aqui é justamente este: ninguém cumpre com as tarefas!

(O "este" está aqui para introduzir qual é o problema, e não que, meramente um problema);


Nicolas e Nathalia estudavam na mesma escola. Esta, no período da manhã; aquele no período da tarde.

(Entre "Nicolas" e Nathalia", quem está mais perto do final da frase? Pelo que podemos ver, a mais próxima é "Nathalia", pois "Nicolas" está mais no começo da sentença. Logo, "esta" faz referência à palavra mais próxima do final).



C) O "aquilo", ao contrário do "isto" faz referência ao termo mais distante na frase.

Vamos usar o mesmo exemplo aqui:


Nicolas e Nathalia estudavam na mesma escola. Esta, no período da manhã; aquele, no período da tarde.



2) Referência espacial:


Quando falamos sobre um objeto. Nesse caso:


A) "Isto" / "este" é usado para referenciar algo próximo a quem está falando.


Mas é claro que não vou molhar estas botas novinhas saindo na chuva!

Esta casa é minha e quem manda aqui sou eu!


B) "Isso" / "esse" é para quando o objeto está mais perto de quem ouve.


Achei essa sua blusa um arraso!

Essa família que você tem é difícil de aturar, que horror!


C) E "aquilo" é empregado para algo que está longe de quem fala e de quem ouve.


Você se lembra daquele gato de rua? Foi adotado pela Dona Carla, ele está muito bem agora!

Não me faço ideia de onde coloquei aquele livro que emprestei da biblioteca.



3) Referência temporal:


Os pronomes também têm seu uso adequado de acordo com o tempo que estamos nos referindo.


A) "Este" é para quando falamos do presente.


Este mês vou sair de férias.

Esta semana não vou conseguir nem respirar, pois tenho muito trabalho a fazer!


B) "Esse" é para um passado um pouco recente, ou seja, um espaço de tempo de um ano, um mês ou uma semana atrás.


Esse mês de agosto foi um dos piores. Ainda bem que já estamos em setembro!

Nessa semana que passou descansei bastante e estou pronta para trabalhar como nunca.


C) "Aquele" refere-se a um passado mais distante.


— Sabe que, às vezes, bateu saudade daqueles anos no colégio?

— Credo, nem me lembre daquela época!


Muito bem, por enquanto é só, meus Lucinhos! Fiquem bem e prontos para mais guias como esse!

xoxo Luciela



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 por PROJETO AURORA, auroradivinaeos@gmail.com. Todos os direitos reservados.

  • wattpad
  • Instagram
  • YouTube