Dicas para Antes de Escrever #04

SAGA: COMO SER UM ESCRITOR - PARTE 4.

Bom, Maleficats, seguinte.


Estamos de olho em todos vocês, pode parecer que não, mas estamos, só que na surdina, então, se quiser falar mal da gente, sugiro WhatsApp, direct no insta ou caixa de mensagens do Wattpad. HAHHAHA.


Enfim, pessoal, como eu disse, estamos de olho em vocês e percebemos que muitos estão com a mesma problemática:


"Estou com muitas ideias para escrever, mas não sei como as colocar no meu livro."


Nesse capítulo, eu, Pandora e Luciela vamos dar algumas dicas que usamos para escrever nossos livros, publicados ou não.


Conversando com a Pandora, ela me comentou que o método que ela utiliza para controlar a loucura dela é pegar pequenos cards que ela comprou, mas que nada impede de você fazer pelo Word, ou qualquer outro programa de computador e/ou celular, ou até mesmo cortar uma cartolina, e escrever suas cenas.

Escreva todas as cenas que você tem na sua cabeça, mas aconselho que as escreva em pequenas frases. Depois que você colocar tudo para fora, escolha uma que você está mais animado para escrever e escreva.

Se ela ficou legal, passe para a próxima fase (a Pan não faz essa parte, mas estou modificando as ideias dela). A próxima fase consiste em você, primeiro, ter um senso crítico: essa cena ficou legal? Ficou bem escrita? O que poderia melhorar?

Se você não gostou da cena, não apague ela, deixe quietinha e siga para a próxima cena dos cards. Quem sabe depois de algum tempo você não volte a ler essa cena que você deixou para trás e encontre o que faltava, a cereja no topo do sundae.

Agora vamos atrás das ideias da Luciela.


Luciela escreve todas as suas ideias em um papel (que pode ser o seu celular ou computador) de forma resumida, colocando todas as partes importantes da cena. Depois de escrever, ela pensa nos seus personagens, sobre suas características.


A ideia é que, depois que você escreveu suas ideias e pensou nos personagens, você volte a ler suas ideias e vá descartando as que não se parecem com algo que o seu personagem faria. Luciela faz uma seleção das ideias que possuem relação com os personagens que ela criou.



Bom, euzinha faço parecido com a Luciela, contudo, não faço a seleção pelo personagem, faço pelo enredo.


Primeiramente, anoto todas as ideias incríveis que eu tive durante o dia, seja no nosso planner gratuito do WhatsApp, num documento Word ou até mesmo em um caderno velho que está por aí.


Depois que anotei todas as minhas ideias, eu seleciono as que mais gostaria de escrever, então transformo a ideia em uma cena para um livro qualquer, mas não coloco os nomes dos meus personagens, pois essa cena pode ser usada em um outro livro, por exemplo.


Agora nós temos a parte crítica que adicionei na ideia da Pandora: essa cena ficou boa? Será que precisa de mais alguma coisa? O que aconteceria depois? Será fácil desenvolver a trama depois dela?


Se gostei da cena, eu, diferentemente da Luciela, penso no meu enredo. Essa cena tem alguma relação com o meu enredo?


Pense no final do seu livro, não precisa ser um final definido, mas você precisa ter uma ideia de como quer que o seu livro termine. Depois que eu visualizei o final do meu livro, penso no clímax da história (para quem ainda desconhece o enredo, dê uma passadinha no diretório específico dele). A cena que eu escrevi tem que desencadear uma ação ou reação pelos meus personagens, e tem que ter uma relação direta com o meu final e com o "mistério" do meu livro.


Se essa cena que eu gostei se encaixa na minha trama, eu a mantenho, senão, deixo guardada para ser revisada outra hora e possivelmente fazer parte de um novo livro.


Beijinhos, Lillith.

1 visualização0 comentário

© 2020 por PROJETO AURORA, auroradivinaeos@gmail.com. Todos os direitos reservados.

  • wattpad
  • Instagram
  • YouTube